Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Conheça a Política de Cookies.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

  • '
    '

    Acpp

    Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal

  • '
    '

    Desde 1977

    Representa os Profissionais Portugueses de Cozinha e Pastelaria

  • '
    '

    Formação Profissional Certificada

    Escola Cozinha e Pastelaria

(CARNAVAL)
FELGAR – MONCORVO

Aproveitam-se todos os ossos tenros do porco, especialmente os das costelas. Também se pode juntar o rabo.
Parte-se tudo aos pedaços que se põem em vinha de alhos, durante 3 ou 4 dias. Esta vinha de alhos é constituída por:

Água, vinho tinto (mais água do que vinho), alhos pisados, pimentão, colorau (doce e picante), 1 rodela ou 2 de laranja, piripiri ou malagueta (facultativo, a gosto).

Enche-se na tripa larga do porco e põe-se ao fumeiro.

Nota: Esta vinha de alhos é exatamente igual á dos salpicões e dos chouriços.


AZINHOTO – MOGADOURO

Lavam-se muito bem os ossos (com alguma carne) das costelas e do espinhaço) e corta-se tudo aos bocadinhos. Depois num alguidar, colocam-se os ossos e a carne, uma camada, pondo por cima uma camada de sal e de pimento (= colorau) doce, a que se acrescenta um bocadinho de queimoso (= picante) e duas folhas de louro.

Depois de colorau, todas as camadas, deita-se-lhe água coada com alhos pisados.
Fica tudo nesta calda durante 3 ou 4 dias, havendo o cuidado de acrescentar diariamente água coada.
Enche-se as tripas folhosas (= largas) do porco.

MLM

Tagged Under

Visitantes

Temos 215 visitantes e 0 membros em linha

Morada

Morada: Rua de Sant`Ana à Lapa,
nº 71 C, 1200 - 798 Lisboa.
Telefone: +351 21 362 27 05
Fax: +351 21 362 58 15

Mail / Sites

Geral: acpp@acpp.pt 
Formação: formacao@acpp.pt  
Marketing: marketing@acpp.pt
Site: http://www.acpp.pt
Formação: http://www.acpp.com.pt