Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Conheça a Política de Cookies.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

  • '
    '

    Acpp

    Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal

  • '
    '

    Desde 1977

    Representa os Profissionais Portugueses de Cozinha e Pastelaria

  • '
    '

    Formação Profissional Certificada

    Escola Cozinha e Pastelaria

ELIZABETH CÂNDIDA SILVA FERREIRA
PORTO

Componentes: Água – Sal – Azeite – Couve penca – Bacalhau – Pão – Farinha de trigo.

Azeite: De boa qualidade e de baixa acidez

Couve penca: De preferência, a de grande porte, de tenra qualidade, aconselhando-se, sempre que se possa, obter a couve da região do Norte e ainda a da Póvoa de Varzim, ou tipo semelhante.

Bacalhau: Devem aproveitar-se os lombos e que seja de boa qualidade, isento de aromas estranhos. Extrair-se as peles, espinhas e todas as impurezas. Bem demolhado e partido aos bocados não muito pequenos, uma posta por pessoa. Utilizar menor quantidade do que da couve.

Pão: Bem cozido e seco, partido aos bocados, um pouco maiores do que se usa para a açorda.

Procedimentos: Coloca-se numa panela, ao lume, a água necessária, calculada, como usualmente, para o número de pessoas a servir e com bastante azeite, podendo juntar-se nessa mesma ocasião o sal preciso para o efeito. Depois de ferver durante algum tempo, junta-se-lhe a couve, cortada em bocados grandes. Quando a couve estiver quase cozida, junta-se-lhe o bacalhau, previamente posto a enxugar da água em que foi demolhado e lavado.
Continua a cozedura por mais alguns minutos e, estando esta terminada, retira-se a panela do lume e junta-se-lhe o pão, deixando-o abrir completamente, colocando-se novamente a vasilha em lume brando a ferver. Durante esta última operação vai-se aumentando com água fervente, conforme for considerado indispensável e tempera-se definitivamente de sal, se ele for necessário, uma vez que o bacalhau, não contem já sal suficiente para o devido tempero.
Finalmente, engrossa-se com um pouco de farinha de trigo, durante esta última fervura, ficando portanto, pronta a servir.

Esta sopa fica um tanto ou quanto grossa.

Usou-se muito e ainda se usa em muitas famílias, especialmente do concelho de Tabuaço (Alto Douro), na noite da consoada, em que a ementa é constituída na sua maior parte por pratos de bacalhau, cozinhado de diversas maneiras, sendo a sopa um deles. Esta sopa é realmente muito saborosa, especialmente nesta altura do ano, devido à qualidade da couve penca, talvez mais doce por efeito das condições climatéricas da região e da época.

 

MLM

Tagged Under

Visitantes

Temos 103 visitantes e 0 membros em linha

Morada

Morada: Rua de Sant`Ana à Lapa,
nº 71 C, 1200 - 798 Lisboa.
Telefone: +351 21 362 27 05
Fax: +351 21 362 58 15

Mail / Sites

Geral: acpp@acpp.pt 
Formação: formacao@acpp.pt  
Marketing: marketing@acpp.pt
Site: http://www.acpp.pt
Formação: http://www.acpp.com.pt