Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Conheça a Política de Cookies.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Imprimir
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

MARIA ROSA PEREIRA VILARINHO
COVA DA PIEDADE

(VILA NOVA DE FAMALICÃO)


500 g. de sangue de porco coalhado, 250 g. de redenho de porco, 500 g. de entrecosto fresco, 125 de fígado, 3 cebolas, cravinho, uma pitada de pimenta, uma folha de louro, 1 dl de vinho tinto, sal q.b.

Coze-se o sangue coalhado em água e sal e quando começa a ferver mete-se um ferro em brasa para o sangue ficar olhudo. Rira-se para fora da água e põe-se a escorrer numa paneira com ramos de louro verde.
Põe-se numa frigideira entrecosto e redenho a fritar e depois de fritos retira-se para um pratinho os folhinhos de redenho e as costeletas do entrecosto. O fígado também deve ser frito nesta gordura, é melhor fazer isto num tachinho de ferro. Pica-se a cebola e deita-se na gordura.
Quando a cebola está cozida, mas não frita, espreme-se o sangue para expulsar água e esfarela-se na gordura deitando também o vinho e rosto dos ingredientes. Deixa-se refogar 10 minutos e junta-se-lhe o redenho frito, as costeletas e o fígado. Serve-se numa travessa pondo ao meio o sarrabulho e à volta as costeletas, o fígado e rodas de laranja.


*Nem pão, nem farinha, nem arroz.

MLM

Acessos: 1057
Tagged Under