Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Conheça a Política de Cookies.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Imprimir
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

ANA MARIA VIEIRA BARBOSA VARELA CID
VENDAS NOVAS
(MINHO)

Condimentos

1 Bela e gorda Galinha, muito tenra.
1 Kg. de carne da veia da vitela
1 Bom bocado de bofe, da fressura da vitela
O coração também da fressura da vitela
1 Grande bocado de presunto muito fresco
1 Rosca de pão, das do Norte se for possível, já seca de dois dias;
na falta da rosca, qualquer bom pão caseiro serve, mas em iguais condições.
Sal, pimenta, alguns limões e cominhos.

Cozem-se em água  numa grande panela; a galinha, a carne, o bofe, o coração e o presunto. Só se tiram para fora quando se separam os ossos da galinha: por aí, é que vemos que terminou a primeira parte da cozedura. Tira-se então toda essa carne para fora e esfia-se pacientemente, a galinha, a carne, o bofe, o presunto, o coração. Depois de tudo muito bem esfiado põe-se numa tigela grande.
A água onde se faz a cozedura é passada por um pano bem limpo, e volta a apurar, durante cerca de 1 hora já com a carne esfiada lá dentro. É então que se tempera com sal e pimenta.
Tem-se, entretanto, a rosca de pão de dois dias, toda esfarelada; vai-se engrossando a água com o pão, aos poucos e mexendo sempre, fazendo papa. Continua a ferver, apurando. Por fim, quando as papas já estão bem apuradas deita-se um poucochinho delas numa tigela, desfazem-se aí os cominhos (a gosto) e torna-se a misturar tudo às papas. Ferve mais 5 minutos.

Agora, a maneira de servir as papas é a mais importante neste cozinhado tão típico e portanto tipicamente o vamos apresentar.
Há quem lhes misture um pouco de sangue de porco frito e quem as apresente cobertas com lombo
 de porco às fatias.
O sangue coze-se primeiro, corta-se em fatias que se dispõem sobre as papas. Isto no caso de quere juntar o sangue da galinha.

MLM

Acessos: 1376
Tagged Under