Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Conheça a Política de Cookies.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Imprimir
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

HERMÍNIA F. BARROS
PORTO

Põe-se a água de cozer o sangue de porco a ferver com o bofe, partido muito miudinho, a guelra de junto da língua, uma boa porção de arroz, um pedaço de presunto velho, um chouriço e alguma carne já temperada para as chouriças de sangue.

Tempera-se de sal depois de tudo muito bem apurado deita-se uma pitada de cominhos e engrossam-se com farinha de milho.

Trata-se de um prato das matanças

MLM

 

Acessos: 1282
Tagged Under