Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Conheça a Política de Cookies.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Imprimir
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

GRACINDA PEREIRA MARCELINO
CARCAVELOS

Deita-se a lampreia num alguidar, e escalda-se com água a ferver e raspa-se com uma faca, ter o cuidado de não a cortar, para não sair o sangue.  Depois de raspada, é lavada, e deita-se a lampreia, numa tigela, com 2 dl de vinagre, depois é cortada em triângulos, ao pé da cabeça, para lhe tirar um nervo que esse nervo é fel e não fazia a lampreia boa, depois faz-se uns golpes pela barriga atravessados como se esteja a fazer umas postas mas  cortadas ao de leve que é só para tirar as tripas, a lampreia, tem de ficar, completamente direita.
Depois faz-se um refogado com três cebolas, picadinhas, com 2 dl. de azeite e uma colher de banha. Quando a cebola estiver meia loura, deita-se-lhe a lampreia, 2 dl. e meio de vinho branco, ramo de salsa, uma folha de louro, pimenta em grão, cravinho, noz-moscada e sal.
Neste preparado coze-se a lampreia, em lume brando; depois de cozida tira-se a lampreia que se acompanha com arroz ou ensopado de pão.

MLM

 

Acessos: 920
Tagged Under