Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Conheça a Política de Cookies.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Imprimir
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

ADALGISA MARIA PRECIOSA PASSOS ALMEIDA
MELGAÇO

Lava-se a lampreia muito bem, com águas quentes, raspando com uma faca para lhe tirar toda a pele gomosa. Tira-se também o nervo que tem na cabeça e que se dá o nome de espicha e raspam-se muito bem os dentes.
Depois de bem limpa, põe-se dentro dum alguidar, para que não se perca o sangue, ao se darem os golpes, no umbigo e junto dos orifícios, para se poder extrair a tripa.
Em seguida corta-se a lampreia em bocados e juntam-se-lhe 3 decilitros de vinho tinto verde.
 Põe-se um caçarola ao lume, com 1 decilitro de azeite e 100 gramas de unto (banha em rama) estando isto derretido, deitam-se 2 cebolas médias picadas.
Em estando as cebolas loiras, deitam-se na caçarola os pedaços da lampreia, temperando com sal, pimenta e um ramo de salsa.
Deixa-se refogar muito bem e só depois se deita o sangue com o vinho que ficou no alguidar. Estando quase cozida, adiciona-se a água necessária para cozinhar o arroz, que deverá ficar caldoso, mas não muito.

Meio quilo de arroz para cada lampreia.

MLM

 

Acessos: 1304
Tagged Under